L-arginina, um dos melhores suplementos anti-idade

L- arginina, o melhor suplemento anti-idade
L-arginina é um aminoácido não essencial, ou seja, seu corpo é capaz de produzir essa substância por conta própria, embora seja também encontrada em fontes alimentares, incluindo nozes, sementes, legumes, peixe, carne e ovos. A L-arginina atua em diversas funções importantes, como na síntese de poliaminas, citrulina, glutamato e da creatina, uma fonte de energia necessária para as células.

Também age como aminoácido precursor do óxido nítrico (NO), da uréia, da ornitina e da agmatina, além de ser um dos aminoácidos essenciais que compõem as proteínas do corpo, desempenhando papel importante na divisão celular, no processo de cicatrização de ferimentos, na remoção de amônia do corpo, no sistema imunológico e na produção de hormônios.

Outros benefícios do L-arginina

Ele reduz o colesterol ruim, aumenta a libido, tanto, masculino e feminino, estimula o sistema imunológico, ajuda a limpar as artérias e melhora a saúde mental. Também aumenta a capacidade do seu corpo para queimar gordura, enquanto ao mesmo tempo, aumenta a massa magra.


Confira: Gel Redutor de Medidas, Flacidez e Estrias >>>

Há estudos que indicam que a L-arginina intensifica a produção de GH (Hormônio do Crescimento), agindo assim contra o processo de envelhecimento, aumentando a densidade óssea e a massa muscular. Também melhora a circulação sanguínea, prevenindo coágulos sanguíneos que causam derrames e ataques cardíacos.

Quem pode tomar o L-arginina

Ao contrário de muitas substâncias, disponíveis no mercado que podem ser nocivos à saúde, a arginina é uma substância natural, sem efeitos colaterais, se consumido na quantidade certa. Adicionando de 2 a 5 gramas diariamente, já é o suficiente para obter todos os seus incríveis benefícios.

Lembrando que existem muitos alimentos que são grandes fontes de L-arginina como carne, peixe, aves, ovos, laticínios, nozes, sementes, legumes e germe de trigo. Portanto, se você se alimenta bem destes alimentos, com certeza, já deve estar suprindo a quantidade necessária ao organismo.

Vegetarianos e pessoas que seguem uma dieta abaixo de 1.000 calorias diárias, de alto carboidratos, baixo teor de gordura e proteínas, provavelmente estão recebendo uma quantidade inadequada de L-arginina e podem precisar de suplementação. Esse suplemento também é muito procurado por quem faz musculação e esportes, por potencializar o aumento da massa muscular.

Contraindicações e efeitos colaterais

No caso de suplementação, a L-arginina é somente recomendada para adultos, pois o suplemento pode interferir no crescimento dos ossos. Portanto, crianças e adolescentes não devem consumir, assim como gestantes e lactantes. Pessoas portadoras de herpes, câncer de próstata ou doença de Wilson também não devem usar suplemento de arginina.

Altas doses de arginina, superiores a 30 gramas, podem causar náuseas, cólicas, diarreia e aumentar os riscos de desenvolver alguns tipos de cancros. Pessoas com doença renal ou hepática, podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais e é por isso que devemos ser cautelosos ao consumo de L-arginina, que deve ser feito sob a supervisão de um médico.

Recomendações de uso

Algumas substâncias podem atrapalhar a absorção da L-arginina, como a lisina, por exemplo. Na hora que for consumir o suplemento, evite a ingestão de proteína, pois ela também pode interferir na absorção de arginina. Se sentir desconfortos estomacais após o seu consumo, diminua a dose de arginina.

Consumir o suplemento à noite, 30 minutos antes de dormir, irá potencializar o GH e você poderá usufruir do seu efeito anti-envelhecimento. Para quem treina, o ideal é tomar o suplemento antes do exercício. Evite bebidas com alto teor glicêmico como Gatorade, porque elas podem interferir também na absorção.

L-arginina, o suplemento anti-envelhecimento

Tomando as precauções necessárias, a maioria das pessoas vão ter resultados incríveis com a ingestão diária de arginina. Ele pode realmente melhorar dramaticamente a saúde, a qualidade de vida e contribuir realmente para o rejuvenescimento. Não é à toa que este aminoácido natural é um dos mais poderosos nutracêuticos disponíveis hoje em dia, chamado inclusive de “Uma das descobertas mais significativas para a saúde neste século”

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *