O que comer antes de malhar


Se você é praticante regular de atividade física, deve ter um cuidado especial com a manutenção do balanço energético do seu corpo, que visa ajudar no bom desempenho físico. E para isso, é preciso ter uma alimentação balanceada, com uma variedade de carboidratos, carnes, frutas e legumes e refeições regulares ao longo do dia, incluindo lanches saudáveis, para garantir energia suficiente para atingir o máximo do seu desempenho.

A principal fonte de combustível para os músculos é o carboidrato que fica armazenado nos músculos como glicogênio nos dias anteriores aos exercícios. Leva tempo para preencher completamente as reservas de glicogênio, e o que você come antes e após o exercício pode ajudar ou atrapalhar este processo. Comer os alimentos certos no momento certo, antes e depois de um treino é essencial para a recuperação e a preparação do corpo para o próximo treino.

O que você come antes do exercício, muitas vezes depende de suas necessidades e preferências específicas, mas deve ser projetado de acordo com a intensidade, duração e tipo de exercício que você pretende fazer. Além disso, devemos colocar no prato, porções equilibradas de carboidratos, proteínas e gorduras, pois na quantidade certa, esses alimentos facilitarão a construção dos músculos.


Confira: Gel Redutor de Medidas, Flacidez e Estrias >>>

O que comer antes do treino

Embora não haja nenhuma regra específica sobre a maneira certa ou errada do que comer antes do treino, existem algumas considerações a respeito. Os músculos precisam ter glicogênio suficiente, para terem um bom desempenho e a glicose é a principal fonte de energia. Portanto precisamos incluir carboidratos complexos de fácil digestão, especialmente se vai malhar logo em seguida.

Esses carboidratos complexos devem ser com índice glicêmico baixo ou moderado, pois são alimentos que mantêm a glicose no sangue por mais tempo. Cereais e grãos integrais, pão integral, torrada integral, frutas como bananas, maçãs e laranjas são bons exemplos de alimentos de baixo a moderado índice glicêmico.

Alimentos de digestão difícil podem comprometer seu desempenho no treino, a menos que tenha tempo disponível para metabolizar o que comeu. Ao comer de forma adequada e na horário certo, você estará garantindo 75% de energia, o que favorecerá o desempenho no treino ou atividade de alto desempenho.

Quando comer antes do exercício

Não se deve exercitar-se em jejum e nem com o estômago cheio, pois isso pode causar dores de estômago, náuseas e cólicas. Para ter uma digestão completa, o organismo geralmente leva de 1 a 4 horas, dependendo do que e quanto você comeu, variando de pessoa para pessoa.

Se você prefere treinar, caminhar ou correr pela manhã, o melhor é levantar-se cedo o suficiente para comer a sua refeição pré treino. O tempo ideal é você que determina, mas cerca de 30 a 45 minutos antes do treino já é suficiente. Evite comer e em seguida malhar, para evitar qualquer desconforto. Já as bebidas são mais aceitáveis, sem exageros é claro, pois o estômago digere líquidos mais rápido.

O que não comer antes do treino

Evite exagerar na quantidade de proteínas com muita gordura, tais como o queijo, bife, hambúrgueres e manteiga de amendoim. Também se deve evitar alimentos com alimentos de alto índice glicêmico, pois apesar deles lhe darem uma explosão de energia rapidamente, o efeito é curto, ao contrário dos alimentos de baixo índice glicêmico, que mantêm o corpo com energia por mais tempo.

Ingerir açúcar antes do treino, também não dará energia suficiente para sustentar um treino de 30 minutos ou mais, portanto, evite alimentos como refrigerantes, bebidas esportivas e doces em geral. Lembre-se sempre, que o seu equilíbrio energético depende do controle de porções, seleção de alimentos e boa hidratação e jamais devem ser negligenciados. Ótimo treino para você!

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *