Picolinato de cromo corta a fome e o desejo por doces

elimine1
Picolinato de cromo, na luta contra a balança
O cromo é um mineral vital encontrado naturalmente no corpo e em alguns alimentos, como maçãs, brócolis, pimentão verde, cogumelos, batatas e levedura de cerveja. Porém, para que ele seja bem assimilado pelo corpo, ele precisa de outras substâncias como o Picolinato. A partir da união dessas duas substâncias, surgiu o suplemento dietético chamado de Picolinato de cromo.

Mas em que este suplemento pode ajudar em relação à balança? Segundo estudos, o Picolinato de cromo regula os níveis de açúcar no sangue, pois ajuda a melhorar o recebimento de glicose e a circulação sanguínea, devido ao aumento da insulina. Com isso, ele aumenta a taxa metabólica, melhorando a força física, aumentando a massa muscular e inclusive acelerarando a queima de gordura.

Trocando em miúdos, o Picolinato de cromo ajuda a aumentar a potência da insulina para diminuir a quantidade de gordura corporal. A insulina ajuda a aliviar a gordura corporal, uma vez que desempenha uma importante função no processo metabólico de gordura. Especialistas também dizem, que o cromo ajuda a inibir a fome, além de reduzir os desejos por doces e carboidratos.

Além de aumentar o metabolismo, favorecer a redução de gordura corporal e agir como moderador de apetite, o Picolinato de cromo também auxilia a criação de proteínas necessárias durante os exercícios físicos. Se isso não bastasse, ele ainda ajuda a reduzir os riscos de diabetes tipo 2 e as taxas de colesterol do sangue.

Como consumir o Picolinato de cromo

emagrecer de vez
Segundo os fabricantes, a quantidade de Picolinato de Cromo que auxilia a perda de peso é de 200 a 300 mcg por dia para mulheres e de 400 a 500 mcg por dia para os homens. As doses podem ser tomadas duas vezes ao dia e consumido junto às refeições. Leia sempre a bula antes de usar qualquer remédio.

Efeitos colaterais do Picolinato de cromo

Crianças, grávidas, mulheres que estão amamentando e pessoas com diabetes, câncer, doença hepática ou com alergia a algum componente da fórmula, também devem evitar o Picolinato de cromo. Existem ainda estudos que indicam que o consumo prolongado pode causar mutações no DNA, que podem levar ao câncer.

Em doses elevadas, o Picolinato de cromo pode causar batimento cardíaco irregular e palpitações. Alguns estudos demonstram que doses de 1,000 mcg ou mais, tomadas ao longo de semanas ou meses, podem ser tóxicos para o fígado e os rins e atrapalhar a capacidade da insulina de funcionar corretamente.

Em excesso, Picolinato de cromo pode causar dores de cabeça, insônia, diarreia, vômitos e até anemia profunda. Portanto é fundamental uma consulta ao médico e acompanhamento por profissionais especializados, antes de inciar qualquer tratamento para emagrecer com a suplementação de Picolinato de cromo.

Onde encontrar o Picolinato de cromo?

É facilmente encontrado em lojas de suplementos, drogarias, farmácias e até pela internet. Mas antes de sair correndo para comprá-lo, lembre-se que deve ter acompanhamento profissional. Só um bom especialista poderá informar se este suplemento será benéfico no seu caso. Assista ao vídeo abaixo, com mais informações sobre o Picolinato de cromo:

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>