Soja, um bom substituto para a carne


Para quem quer seguir uma dieta vegetariana, mas tem aquela dúvida cruel de como conseguir obter boas fontes de proteína, que geralmente obteríamos através do consumo de carnes no geral, uma solução seria incorporar alimentos feitos de soja à dieta, como tofu, carne de soja e outros derivados, pois são excelentes fontes de proteínas e muitos outros nutrientes benéficos para a saúde.

Esses tipos de alimentos podem substituir de maneira eficaz a carne em sua dieta. A soja é uma leguminosa que se origina na parte oriental da Ásia, mais precisamente na China, mas devido à sua fácil adaptação às condições do solo, foi logo introduzida no Japão e outros países asiáticos.

Plantar soja é considerada muito importante na rotação de culturas, pois corrige o nível de nitrogênio do solo. E o melhor de tudo é que a soja tem um grande valor nutricional, sendo também um dos alimentos mais versáteis que existem, já que a gama de produtos derivados desse alimento é muito vasto.


Confira: Gel Redutor de Medidas, Flacidez e Estrias >>>

Principais alimentos à base de soja

Alguns dos produtos alimentares feito a partir de soja mais conhecidos são o tofu, leite de soja, molho de soja (misso), natto, tempeh e pasta de feijão, facilmente encontrados nos países asiáticos, já que estão incutidos na alimentação desses povos, como o arroz e feijão no Brasil. Mas, hoje em dia está mais fácil encontrá-los em lojas de produtos orientais e até em grandes supermercados.

Os produtos de soja, como tofu pode ser consumido no lugar das carnes, e é uma ótima opção de proteínas para os vegetarianos. Apesar de muitas pessoas acharem seu gosto insosso, o tofu é um alimento versátil, já que é possível incrementá-lo com algumas especiarias culinárias para que ele adquira mais sabor.

Soja, um alimento de grande valor nutricional

A soja contem grande quantidade de nutrientes, incluindo cálcio, fósforo, ferro, magnésio, potássio, cobre, ácido fólico, manganês, zinco, vitamina E e molibdênio. Ele também possui pouca quantidade de gordura e colesterol ao mesmo tempo que é uma grande fonte de proteína. O consumo de soja e derivados também contribui para a digestão e o coração, já que é fonte de fibras e ômega-3.

A soja também é benéfico para a saúde dos ossos, devido às isoflavonas, que ajudam a prevenir danos ao tecido ósseo, além de reduzir os níveis do colesterol ruim (LDL) no sangue, reduzindo assim, os riscos de doenças cardiovasculares, graças às saponinas e isoflavonas que emulsionam a gordura. Com isso, reduz os riscos de danos às artérias, cujas complicações podem acarretar tais doenças.

O óleo de soja é muitas vezes utilizado para tratar problemas de pele como psoríase e escaras, devido à lecitina, que da mesma maneira, através da alimentação, ajuda a contribuir para uma pele mais saudável, devido aos ácidos linoleicos neles, que ajudam a amenizar ou até curar eczemas e acnes na pele.

A lecitina também aumenta a hemoglobina do sangue, ajudando o sistema imunológico a combater infecções. além de contribuir para o fortalecimento do sistema imunológico, a lecitina também ajuda a melhorar a saúde mental, além de aliviar alguns sintomas físicos e mentais como fadiga, cansaço e estresse.

Porém, como tudo na vida em excesso faz mal, devemos ser cautelosos quanto ao consumo da soja. Existem pessoas que devem restringir o consumo, como lactentes, por exemplo, que devem se beneficiar, tanto quanto for possível do leite materno. Pessoas com problemas de tireoide, sensíveis à levedura ou alérgicas à soja e seus componentes, também devem evitar o seu consumo.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *