Como Evitar o Temível Efeito Sanfona Após a Dieta

Como Evitar o Temível Efeito Sanfona Após a DietaAs dietas são muito importantes para emagrecer e disso ninguém tem dúvida, afinal é lógico que comendo menos calorias do que se gasta, o saldo no final do dia será negativo e consequentemente, o peso será menor. O problema é em relação as dietas serem saudáveis ou não para o corpo. Quem faz dieta sabe que quanto mais radical for a dieta, mais rápido é o emagrecimento, no entanto estas dietas restritivas podem abalar a harmonia do corpo devido a falta de determinados nutrientes, como é o caso da dieta Dunkan que corta o carboidrato da alimentação.

Outro problema de quem faz as dietas restritivas é em relação ao efeito sanfona, que pode fazer com que a pessoa ganhe todo o peso perdido novamente (as vezes até mais) em um curto espaço de tempo.

O efeito sanfona acontece porque normalmente após acabar uma dieta restritiva em que a pessoa ficou privada de calorias e de diversos nutrientes, ela volta a alimentação normal em que estava habituada e que já a fez engordar.

Além disso, após uma dieta em que seu corpo detectou a escassez de nutrientes, ele tenderá a tentar armazenar nutrientes na forma de gordura localizada o mais rápido possível, que pode acabar fazendo com que você acumule mais peso do que perdeu durante a dieta.

Acontece que o nosso corpo é muito eficaz em se defender e esta é uma forma natural do corpo de se preparar para algo que ele entendeu como uma agressão e possível problema de sobrevivência.

dieta saudável

Como evitar o efeito sanfona

Como deu para perceber, quanto mais radical for a dieta que estiver fazendo, maiores são as chances de que seu corpo interprete aquilo como uma ameaça e assim que possível, trate de se preparar para o futuro armazenando gordura. Portanto o indicado é que procure fazer dietas não tão radicais.

Outra dica é que opte por dietas que permitam a 3 alimentação de 3 em 3 horas, o que manterá o metabolismo acelerado e poderá fazer com que o corpo não sinta a falta de calorias e não se prepare para uma possível guerra.

É certo que uma dieta menos radical fará com que você perca peso de uma forma mais lenta, no entanto este é o recomendável, pois as chances de que você não volte a ganhar peso aumentam drasticamente, ou seja, vai emagrecer e permanecer magra.

Também é indicado que evite os velhos hábitos de alimentação e faça uma reeducação alimentar, que poderá começar antes mesmo de começar a dieta desejada, desta forma já estará habituada a alimentação saudável.

Programe seu corpo para permanecer magro

Ao invés de ficar o resto da vida lutando contra a balança o ideal é que programe seu corpo para manter seu metabolismo mais acelerado e consequentemente manter-se em seu peso ideal e assim evitar o temível efeito sanfona.

Uma dica que sempre deve ser reforçada é que a pratica de esportes ajuda a emagrecer, mas também é importante salientar que a atividade física ajuda a “manter-se magra”, não apenas por queimar calorias, mas por fortalecer a musculatura.

O fato é que músculos precisam de energia para funcionarem, isso quer dizer que quanto mais músculos você tiver, mais calorias irá queimar, mesmo quando estiver parada ou até mesmo enquanto dorme. Não é lindo isso?

Agora que sabe desse segredo, procure sair de sua zona de conforto e faça alguma atividade física, mesmo que seja uma caminhada no parque pela manhã. Seu corpo agradece!

Gostou destas dicas? Ainda tem dúvidas ou sugestões? Então deixe um comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *