Ser esbelta não é ser magra, cuidado com os exageros.


Atualmente cerca de 50% das adolescentes e consequentemente as mulheres adultas, sofrem, sofreram ou estão a caminho de sofrer com problemas de peso. Além do fator excesso de peso, mas pior que isso é a fixação por estar magras, as tão faladas Anorexia e Bulimina, que já atinge 20% da população feminina, esses distúrbios psicológicos tem feito vítimas no mundo todo.